Marco Aurelio Seta
Sem categoria

Dieese: novo valor do salário mínimo e impactos na economia.

dinheiro

Desde 1º de janeiro de 2015, o valor do salário mínimo passou a ser R$ 788,00, com reajuste de 8,84% sobre os R$ 724,00 em vigor durante 2014 e que corresponde à variação do Produto Interno bruto (PIB) em 2013, de 2,5%, e à variação anual do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), em 2014, estimada em 6,19%, segundo cálculos de estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômicos (Dieese). Abaixo segue tabela com os valores do salário mínimo desde 2003 e seus reajustes reais e nominais, comparados ao INPC.

unnamed

O estudo estima que o aumento do R$ 64 no salário mínimo corresponderia a R$ 38,4 bilhões em incremento de renda na economia e R$ 20,7 bilhões a mais em arrecadação tributária sobre o consumo no ano de 2014. O estudo também mostra que o impacto do aumento do salário mínimo será maior na esfera municipal em todo o país, em especial na região Nordeste, que nas esferas estadual e federal. Quanto à Previdência, o estudo mostra que o aumento significará custo adicional ao ano de cerca de R$ 18,3 bilhões para a mesma.  Com o valor do salário mínimo em R$ 788,00 e a cesta básica de janeiro calculada pelo Dieese estimada em R$ 355,00, o salário mínimo terá poder de compra equivalente a 2,22 cestas básicas, a maior quantidade de cestas básicas por salário mínimo registrada desde 1979. O estudo ainda mostra que o valor de R$ 788,00 é o maior valor real da série das médias anuais do salário mínimo desde 1983.

Informe da FPA nº. 114 de 14/01/2015.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange